Primeiro trem expresso na nova rota da seda : da China para a França em menos de 3 semanas!

20 janeiro 2018

O Grupo GEFCO, operador global em logística industrial e líder europeu em logística automotiva, se orgulha de ter transportado uma composição completa de contêineres para a França vinda da China após uma viagem de 11 mil quilômetros. O trem transportou contêineres de 40 ft de Wuhan, China, para Dourges, no norte da França, para nosso cliente PSA, em menos de 3 semanas.

Uma viagem extraordinária pela Rota da Seda

A composição partiu de Wuhan, China, no dia 03/11/17, transportando os contêineres passando por Cazaquistão, Rússia e Bielorrússia. A empresa UTLC (United Transport and Logistics Company), consórcio de empressas ferroviárias, oferece serviços na zona 1520* entre Dostyk (Cazaquistão) e Brest (Bielorrússia).

Continuou a viagem passando pela Polônia e Alemanha, antes de chegar no Terminal de Dourges, na França no dia 22/11/17. Depois de passar pela aduana, a carga foi entregue diretamente na planta de Française de Mécanique, uma filial da PSA, em Douvrin no norte da França.

Depois de passar por sete países no corredor comercial da Rota da Seda, com média de 600km percorridos por dia, o trem, carregado  com contêineres de 40ft, chegou ao destino em menos de três semanas.

A GEFCO gerenciou e coordenou todo o projeto com seus parceiros ferroviários de diferentes países através de sua equipe de Forwarding, baseadas em Xangai, Moscou e Paris.

O primeiro trem expresso carregado é parte do "One-Belt-One-Road" (Cinturão e Estrada da China), iniciativa introduzida pelo governo chinês para aproveitar o novo fluxo da Rota da Seda que liga a China à Europa. A conexão estabelecida com a França neste carregamento é uma melhoria importante para posicionar a França na nova Rota da Seda e aproximar os embarcadores e consignatários, já que a maioria das rotas tinha,  até agora, destinos finais na Alemanha e Polônia.

A GEFCO foca na nova Rota da Seda

Enquanto a China investe massivamente para desenvolver e promover o transporte ferroviário entre a Ásia e a Europa, a GEFCO continua aprimorando seus serviços ferroviários para atender ao crescimento de seus clientes oferecendo soluções flexíveis na região.

O transporte ferroviário é complementar ao transporte aéreo e marítimo, pois tem uma vantagem maior econômica e ecológica sendo mais competitiva para cargas urgentes, como autopeças, produtos eletrônicos vindos da China e no fluxo inverso, mercadorias, refrigerados e peças de reposição para o mercado de pós vendas chinês. O tempo de transporte para os clientes é reduzido pela metade em comparação com o frete marítimo.

A GEFCO gerencia um volume médio mensal de 300 TEUs** transportados por ferrovia em ambas as direções.

Com mais de 65 anos de experiência em logística, a GEFCO opera carregamentos da Ásia para a Europa há mais de 4 anos. O Grupo tem acompanhado o crescimento do comérico entre os dois continentes assim como a entrega de contêineres por ferrovia. Sempre buscando novas soluções econômicas, flexíveis, confiáveis e seguras para atender às necessidades de nossos clientes e de seus negócios.

Anthony Gunn, Vice-presidente Executivo da unidade de Freight Forwarding da GEFCO

A GEFCO está presente na China desde 1995, com mais de 2.000 colaboradores, 10 filiais e parceiros cobrindo quase toda região. Também estamos presentes no Vietnã, Tailândia e Corea do Sul.

A GEFCO busca sempre soluções inovadoras e competitivas para atender o crescimento do comércio entre a Ásia e Europa.  A empresa oferece serviços diferenciados desde FCL (Full Container Load) até LCL (Less than Container Load), transporte de veículos acabados, todos para atender as necessidades das mercadorias de dos segmentos de atuação de nossos clientes: automotivo, varejo, "life science" etc. através de suporte operacional, equipes experientes e qualificadas.

Mais rápido do que marítimo

Mais econômico do que aéreo

Menor transit time, impacta no nível de estoque e fluxo de caixa

Preço estável

Transporte mais sustentável

Menor Impacto pelo preço do combustível

* Zona 1520 refere-se à largura da bitola padrão na Rússia. Essa área inclui países da CEI, Ucrânia, Geórgia, Turquemenistão, países bálticos, Mongólia e Finlândia.

** TEU é uma unidade de carga usada para descrever a capacidade de um recipiente intermodal de 20 pés de comprimento (6,1 m).

Compartilhar